Dieta pré-treino e pós-treino

Dieta pré-treino e pós-treino

A qualidade nutricional é um dos principais fatores que influenciam no desenvolvimento pré e pós-treino, alinhar exercícios aos hábitos alimentícios adequados a cada necessidade pode ser um fator de alta potência tanto durante e execução das atividades, quanto na recuperação posterior aos estímulos das fibras musculares.

O primeiro passo para desenvolver uma dieta pré e pós-treino é saber qual tipo de treino será desempenhado e em seguida estipular os objetivos almejados, visto que os hábitos alimentares variam para cada tipo de atividade e cada resultado que se espera atingir.

Sabemos que os carboidratos são conhecidos pelo fornecimento de energia ao corpo e devem ser consumidos antes da prática esportiva, visando prover energia para o indivíduo durante o exercício, ele também gera um balanço calórico positivo caso o objetivo seja ganhar massa muscular.

Para recuperar o glicogênio dos músculos e hepáticos – carboidratos estocados nos músculos e fonte de energia para os próximos treinos – também é importante consumir carboidratos, principalmente para dias com mais de um período de treinamento e que requisitam rápida recuperação. Caso tenha disponível mais de 20 horas para repouso as refeições comuns do dia a dia já são capazes de repor os estoques de glicogênio hepático e muscular.

Outra questão muito importante é a ingestão de proteínas, levando em conta que a quantidade para consumo é proporcional ao exercício a ser desenvolvido. O papel destas proteínas é fornecer ao corpo tanto substratos para a sintetização da massa muscular, quanto melhorar as alterações estruturais dos tecidos não musculares, como ossos e tendões. Segundo dados atuais, a quantidade necessária para ingestão diária varia de 1,2 a 2,0 g/kg ao dia!

Exercícios em curtos períodos podem ser indicados ingestões em maior quantidade, em casos de treinamento intensificado ou quando há redução do consumo energético. As metas diárias devem ser estabelecidas através de um plano alimentar elaborado para fornecer uma distribuição regular das proteínas ao longo do dia após o treinamento, portanto, é necessário consumir fontes de proteína de maneira regular ao longo do dia mesmo após o treino.

Neste material foram expostas algumas dicas e situações. Para saber qual a dieta correta consulte sua nutricionista e terá ainda melhores resultados.

A Stevita preza pela saúde e bem-estar de todos!!!

Atualização obrigatórioEmail (obrigatório)Site

Deixe uma resposta

Fechar Menu